Fundo Indígena da Amazônia Brasileira

+55 (92) 99337-3762

+55 (91) 993483065
+55 (95) 99161-7831

fundopoodali@coiab.org.br
secretaria@coiab.org.br

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube

Parceirias:

Realização:

E o que significa Podáali?

Podáali, que na língua do povo Baniwa do tronco linguístico Aruak significa “doar sem querer receber nada em troca” é sinônimo de celebração, reciprocidade e promoção da sustentabilidade para o bem viver dos povos indígenas, e é justamente nesse espírito intrínseco do significado da palavra que o Fundo Podáali foi criado com o propósito de facilitar o acesso a recursos pelos povos indígenas, suas comunidades e organizações de base na Amazônia, que, historicamente, tem dificuldade ou não conseguem acessar esses recursos – assim como possibilitar um protagonismo desses povos na gestão autônoma dos seus territórios através de apoio a projetos com recursos não reembolsáveis.

A ideia de criar um mecanismo próprio indígena para apoio a projetos e sustentabilidade já faz parte da pauta de reivindicações do movimento indígena a mais de 20 anos.

 

E depois de muito diálogo em torno do tema chegou-se ao consenso de estruturação desse mecanismo com objetivo maior de conservar a biodiversidade em terras indígenas. Grupos de trabalho foram constituídos por lideranças indígenas e organizações parceiras, para tratar da criação do Fundo, como estratégia de autonomia e sustentabilidade dos povos e organizações indígenas da Amazônia Brasileira.

 

Nesse contexto histórico e do sonho das lideranças indígenas amazônicas é que nasceu o “Fundo Podáali – Fundo Indígena da Amazônia Brasileira”, uma conquista do Movimento Indígena Amazônico, da COIAB e seus parceiros, onde busca apoiar a proteção e a conservação territorial e da biodiversidade das terras indígenas da Amazônia.

Objetivos do Fundo Podáali

 

Linhas temáticas de apoio do Fundo Podáali

Área de atuação do Fundo Podáali

Amazônia Brasileira

Governança do Fundo Podáali

A governança do Fundo Podáali compreende de:

COMITÊ GESTOR

Como instância política, e com a função de definir critérios de alocação dos recursos baseados nos documentos de orientação de criação do fundo;

COMISSÃO TÉCNICA

Responsável por selecionar os projetos apresentados, qualificar as propostas, acompanhar e avaliar os resultados do fundo; ambas instâncias são apoiadas por

SECRETARIA EXECUTIVA

Responsável pela gestão administrativa, operacional e financeira do Fundo Podáali. O Comitê Gestor do Fundo Podáali é a instância de decisão final do fundo e é formado por conselheiros indígenas, por conselheiros doadores com porcentagem mínima de doação a ser definida posteriormente e por conselheiros representantes de organizações não-governamentais com atuação abrangente e experiência no trabalho com povos indígenas na Amazônia brasileira.